12 de janeiro de 2010

Pintura de Peças Transparentes

As peças transparentes de um modelo (canopy, torres, faróis, janelas, etc.) devem ser sempre trabalhadas com muito cuidado e a sua montagem e pintura requerem um tratamento especial, algo diferente do utilizado para o resto do modelo. A primeira e mais importante característica a ter em conta quando se trata de peças transparentes é a sua extrema vulnerabilidade: uma simples raspagem ou um ligeiro risco, inofensivos ou facilmente reparáveis em qualquer outra peça do nosso modelo, serão tão evidentes na zona transparente que comprometerão a possibilidade da sua utilização. No caso de danificarmos uma peça de plástico transparente (por exemplo, uma canopy), geralmente devido a um involuntário excesso de cola, devemos, antes de mais, esperar que a cola seque completamente. Depois, passamos sobre a zona danificada uma lixa muito fina (1500 ou 2000) e poliremos a peça com massa abrasiva (a pasta de dentes comum é ótima) aplicada com uma escova de dentes velha. Uma de mão de verniz transparente brilhante, dará à canopy a primitiva transparência e brilho. O método descrito pode também ser adotado para eliminar pequenas ranhuras e riscos superficiais mas, no caso de danos mais sérios, deveremos resignar-nos a utilizar a peça tal e qual como ficou ou tentar a autofabricação (operação que não é muito difícil no caso de canopy de formas mais ou menos rectangulares); também é possivel obter a peça necessária através de uma folha de acetato, utilizando um molde talhado num pedaço de madeira. A melhor solução, contudo, consiste em substituir a canopy original por outra de plástico aspirado (vac-u-form). Além disso, estas canopy são extremamente finas e transparentes, garantindo um resultado final de grande realismo.



Este "Beaufreighter" (conversão para transporte do bombardeiro Bristol Beaufort)
está na escala 1/72. A canopyé cristalina (vacuum-formed neste caso), perfeitamente
"fundida" com os contornos da fuselagem.



Outros pormenores, como as janelas, os faróis dos trens de aterragem e as luzes de posição, podem ser facilmente substituídos graças à utilização de productos como o Superscale "Kristal Kleer" ou o Humbrol "Clearfix", muito úteis também para colar as peças de plástico transparente (um eventual excesso de aplicação pode ser posteriormente eliminado com facilidade e sem consequências). No que diz respeito à pintura, as partes transparentes deverão ser tapadas com cuidado para evitar que a pintura danifique as peças que não devam ser pintadas. Há que ter em conta que a pintura acrílica pode eliminar-se, uma vez seca, muito facilmente com ajuda de um palito, ao passo que o esmalte só se pode remover com diluente, danificando o plástico e, por isso, obrigando a recorrer ao mesmo processo descrito para o dano causado pela colagem. A proteção pode ser feita com máscara líquida (Maskol ou semelhante) aplicada com pincel, Parafilm-M ou com fita para modelismo (tamiya) recortados com um estilete muito afiado. A operação mais delicada da pintura de peças transparentes é a respeitante às estruturas das canopy (as "frames" em inglês): se a peça que representa a canopy tem a estrutura bem evidente e em relevo, é possível cobri-la por inteiro com fita tamiya (bem apertada para salientarmos os pormenores da estrutura), cortar a fita coincidindo com as "frames" e retirar o material excedente: obteremos, assim, uma proteção da canopy que deixará expostas apenas as partes destinadas a serem pintadas. Em alternativa, podemos recorrer à aplicação de tiras de fita-adesiva, previamente colada sobre um vidro, pintada da cor adequada e cortada, uma vez seca e com a ajuda de uma régua de metal, nos formatos requeridos, que são depois aplicados com uma pinça sobre as "frames". Também podemos utilizar para este fim as fitas de grafismo (Letraset, Mecanorma, etc.) disponíveis em diversos tamanhos e cores, em vez da fita adesiva comum.



montagem e a pintura das peças transparentes requerem muito cuidado e atenção,
por serem extremamente frágeis e delicadas. Por isso, é de importância vital a
correta proteção das zonas que não devem ser pintadas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário