18 de setembro de 2009

TADPOLE Mk VI

 alemães cavaram mais trincheiras para frustrar a ação dos novos tanques britânicos Mk.IV, assim, em 1917, a corrida de modificações para melhorar a capacidade de cruzar trincheira começou. A "cauda Tadpole" estendendo a traseira do tanque, por cerca de 9 metros. Estas fugas foram julgados em ambos Mk.IV e tanques Mk.V. Barras de ferro em ângulo de cruz foram fixadas entre as caudas "para melhorar a rigidez." Em uma versão experimental tinha o apoio a uma chapa de aço em que uma frente do escapamento com reforço de argamassa (concreto). Muitos "girinos" foram projetados. conversão iniciais foram realizadas montado as caldas na Inglaterra e depois envidas para a França. Problemas com a conversão não foram superadas até o final da guerra e os "girinos" não foram utilizados na ação.


Tanque Britanico Tadpole Mk.VI Primeira Guerra Mundial (1914/1918) com morteiro.
Fabricante EMHA, escala 1/35

Nenhum comentário:

Postar um comentário